segunda-feira, 15 de janeiro de 2018

Dicas para arrumar suas roupas durante a mudança

Ano novo, vida nova! Para quem quer fazer mudanças, literalmente falando, trouxemos aqui algumas dicas, embora pareça muito fácil,  de transportar as roupas durante uma mudança. Confira nossas dicas e facilite a mudança para seu novo lar.


Se você é o tipo de pessoa que guarda muita roupa, na hora de fazer uma mudança terá um pequena preocupação a mais. Roupas pesam e, além do peso, para manter suas peças seguras de danos e de qualquer imperfeição causada pelo transporte, siga nossas orientações à risca e garanta tranquilidade na hora da mudança de lar:
1. Separe o que não precisa
Antes de mais nada, essa é uma ótima oportunidade de separar aquelas peças que você não usa mais – ou que nunca usou – para doar. Além de fazer uma boa ação você libera espaço para o novo e evita mais caixas para transportar, afinal não faz o menor sentido embalar roupas para mudança se você não vai mais usá-las.
Atente-se apenas para o estado das roupas, pois não vale doar roupas que tenham defeitos ou estão sujas/manchadas. Se a sua mudança for para um local que tenha um clima muito diferente do local onde mora atualmente, deixe também as peças que não serão mais úteis.




2. Reserve roupas para os próximos dias
Separe uma mala, sacola ou caixa e reserve as roupas que precisará usar nos primeiros dias após a mudança. Será bem difícil encaixotar tudo em um único dia, fazer a mudança, desencaixotar e organizar já na casa nova.
Portanto, mantenha pequenas mudas para usar em casa durante a arrumação e também para possíveis saídas e compromissos mais sérios. Inclua também peças intimas e meias. Se tiver crianças na casa, lembre-se que elas usam muito mias peças que os adultos. Essa tarefa deve ser feita para cada pessoa da família, considerando os compromissos de cada um, como trabalho, escola ou atividades esportivas, por exemplo.
3. Separe roupas por estação
A estação do ano em que você vai se mudar influencia muito na arrumação. Comece separando as roupas da estação que não estão sendo usadas, vale a pena consultar a meteorologia para evitar possíveis surpresas climáticas nos dias que antecedem a mudança.
Identifique as caixas com etiquetas que digam a quem pertence as peças guardadas e quais itens estão dentro da mala ou da caixa.

4. Use malas de viagem
Uma das melhores opções para “encaixotar” as roupas é usar malas no lugar de caixas. Deixe as caixas de papelão para itens como livros, objetos e outros itens que não precisam de cuidados tão especiais. Dependendo do tecido ou até se for uma peça delicadas com bordados, o ideal é que elas sejam depositadas em malas que possuem revestimento, assim as peças ficam mais protegidas.
É claro que nem sempre tudo vai caber em malas. Nesse caso, deixe os itens mais sensíveis para serem colocados nas malas e coloque as peças mais “rústicas” em caixas de papelão.
Como citamos no início, as roupas empilhadas pesam. Conforme for guardando as peças, levante a caixa para conferir o peso e analisar se a caixa suporta a quantidade de roupas que está sendo colocada. Tenha esse cuidado principalmente se for realizar o transporte sozinho e não tiver auxilio para o transporte.
Em cada mala e caixa coloque uma sinalização para identificar as peças ali guardadas, use palavras simples, como: casacos da Maria, shorts do José, calcinhas e meias da Joana e assim por diante.
5. Separe sapatos de roupas
Jamais embale roupas junto com os sapatos. Mesmo que os sapatos estejam limpos, o solado dificilmente estará 100% higienizado. Além de sujar suas roupas, guardar sapatos com roupas pode puxar fios e estragar peças.
Caso não tenha as caixas dos próprios sapatos, coloque meias ou jornais dentro de cada par – para manter o formato deles – e enrole-os em jornais ou sacos plásticos. Isso vai evitar o atrito de um sapato no outro e não vai arranhar ou estragar qualquer um deles. Caso ainda possua as caixas, empilhe-as em uma caixa maior e facilite o transporte deles.


Assim como os sapatos, separe itens como lenços, bijuterias e acessórios. Para esses itens, considere também usar saquinhos de cetim ou algum tecido delicado para embalar cada peça. Esses sacos são vendidos em diferentes tamanhos e, caso você queira evitar qualquer possibilidade de desgaste, use-os para guardar os sapatos e roupas mais pesadas também.
Outra dica é nunca usar roupas para envolver peças mais delicadas e bijuterias. Além de não garantir que as peças fiquem protegidas, você pode danificar as roupas com furos, fios puxados ou peças manchadas.
6. Feche as caixas
Parece uma coisa boba, mas a parte de fechar as caixas é uma tarefa importante. Passe muita fita adesiva, para evitar que as caixas abram no caminho, e empilhe as peças no carro ou caminhão que fará o transporte das caixas. Se puder, envolva as caixas de sapatos, bijuterias e acessórios com plástico bolha.


Após fechar todas caixas, faça um check list e não mande as mudas reservadas no meio das malas. Separe cada muda em lugar separado das outras, evitando que elas sejam enviadas junto com as outras e alguém fique sem peças, principalmente se a mudança for para outra cidade e vá na frente das pessoas.
Fonte: Imóvelweb

______________________________________________________________

Na Alfenas Imóveis você tem assessoria de uma equipe especializada e que traz soluções e orientações sobre suas demandas imobiliárias. Conte com quem tem 45 anos de experiência no mercado imobiliário!

Av. José Faria da Rocha, 6166 - Eldorado - Contagem/MG - (31) 3395-1611

f: @alfenasimoveisltda
WWW.ALFENASIMOVEIS.COM.BR

Ninguém conhece mais do Eldorado que a Alfenas Imóveis

O Eldorado é um dos principais bairros de Contagem, possui aproximadamente 75.762 habitantes. Está localizado na região leste da cidade, ent...